quinta-feira , 23 novembro 2017
Home - Carros - Saiba como um aplicativo troca caronas por descontos em gasolina e no IPVA

Saiba como um aplicativo troca caronas por descontos em gasolina e no IPVA


 

Que tal economizar o dinheiro que você gastou no carro no fim do mês? Um aplicativo permite que você dê caronas em troca de gasolina ou IPVA  pagos – ou pegue caronas para ir ao trabalho ou ao jogo de futebol por um preço abaixo do Uber. O Zumpy acaba de ser lançado em todo o Brasil e pode ser uma forma para economizar uns trocados no fim do mês.

As viagens de até seis quilômetros custam quatro reais. As rotas de até oito quilômetros custam cinco reais e, a partir de então, sobe um real a cada dois quilômetros. O motorista fica com 90% do valor pago pelo caroneiro e a comissão do app é de 10%.

Ou seja, ao dar carona de ida e volta para quatro pessoas todos os dias até o trabalho, em um trajeto de sete quilômetros, por exemplo, é possível juntar 720 reais em créditos, que podem ser usados paga abastecer em postos Ipiranga ou pagar o IPVA. Em breve, também será possível usar os créditos para pagar o seguro do carro.

O app começou a funcionar em 2015, em Belo Horizonte, e já é usado por 150 empresas para organizar caronas entre funcionários, mas a maioria dos grupos são formados por alunos de universidades.

A diferença do Zumpy para outros concorrentes é que ele foi pensado para caronas rotineiras dentro das cidades, não para pegar a estrada em viagens fora da rotina.

“Nas cidades, 80% dos carros particulares andam somente com o motorista e 80% dos trajetos são rotineiros. As viagens têm rotas e horários pré-definidos em carros vazios, um grande prejuízo para todos”, explica o arquiteto e urbanista fundador do app, André Andrade.

Diferente do Uber, a ferramenta funciona para caronas planejadas, com o objetivo de encontrar pessoas com rotas parecidas. O motorista cadastra seu trajeto, seus horários e quantas vagas tem no carro e o app esquematiza as caronas. Motorista e passageiro conversam pelo chat para combinar um ponto de encontro. 

“O motorista não presta um serviço, mas compartilha seu carro com vagas vazias. É o Airbnb do carro”, diz o Andrade.

Por questões de segurança, poucas pessoas se mostram dispostas a dar ou pegar carona com qualquer um, por isso o aplicativo permite selecionar o motorista ou caroneiro por gênero, amigos do Facebook ou outros grupos.

“Você pode criar um grupo privado, só com as pessoas do trabalho, por exemplo, ou moderado, em que a pessoa pede para entrar e você aceita ou não”, explica Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *