Venz V12 ULTRA – Uma das mais completas e poderosas boxes Android

A Venz anuncia a V12 ULTRA, uma poderosa e completa box Android que vai ao encontro das necessidades pelas melhores especificações técnicas atualmente disponíveis no mercado.

O mais recente membro da linha de boxes Android da marca – que é também constituída pelos modelos V10 e V10 Pro –, a nova V12 ULTRA incorpora uma caixa em alumínio dentro da qual se encontra todo o poder e velocidade para desbloquear o potencial do seu entretenimento digital favorito.

A V12 ULTRA inclui de fábrica o firmware estável VENZ Android 6.0.1, com uma atualização garantida e já em desenvolvimento da versão Android 7. Para maior conforto e facilidade de utilização, esta atualização será automaticamente instalada através do servidor VENZ OTA (isto é, “Over The Air”).

Com suporte para vídeo UHD 4K a 60fps, HDR10 e VP9, a V12 ULTRA tem na base do seu sistema o chipset Amlogic S912 com um processador de 64bits ARM Cortex A53 Octa Core até 2GHz, combinado com um processador de vídeo ARM Mali-T830 Dual Core com velocidade de 750MHz (DVFS). Dentro da box encontra-se ainda um módulo de memória RAM DDR4 de 3GB e 16GB de armazenamento flash, que o utilizador pode expandir até 64GB através de um cartão MicroSD na ranhura de leitura na parte traseira do equipamento.

Além do hardware de topo, a V12 ULTRA vem equipada com uma antena WiFi de banda dupla de 2,4 e 5,8 GHz, uma porta Ethernet Gigabit e Bluetooth 4.1 incorporado. A box Android inclui também três portas USB, onde é possível ligar por exemplo um disco externo USB até 4TB. Finalmente, a V12 ULTRA da Venz integra saída de vídeo compósito  (CVBS), saída digital ótica e saída HDMI 2.0a.

O V12 ULTRA inclui de origem algumas das mais populares aplicações Android, como é o caso do Netflix, YouTube, Kodi Krypton, explorador ES File, Skype, entre outros. É possível instalar mais aplicações com facilidade a partir da Google Play Store disponível no software Venz. O sistema inclui na caixa um comando tipo “airmouse” com teclado VZ-RK-1 para controlo facilitado da box com teclado QWERTY na parte traseira para pesquisas rápidas.

Preço e disponibilidade

A Venz V12 ULTRA chega ao mercado com um preço de €179,95. A box inclui 3 anos de garantia oferecidos na Europa pela Venztech B.V. e pelos seus parceiros exclusivos.

Como fazer download na netflix no celular sem a seta virada para baixo

Kodi funciona no wp

Caixa de som Bluetooth não conectando no smartphone? saiba como resolver!

A caixa de som Bluetooth é um dispositivo que não pode faltar na casa de quem adora ouvir música no volume máximo. O prático é que ela não precisa de cabos e pode ser conectada no celular, para tocar os áudios salvos ou via streaming, ao estilo de Spotify e Google Play Music. No entanto, alguns problemas de conectividade podem atrapalhar no dia a dia, impedindo de parear com o smartphone.

A boa notícia é que essas dicas podem ajudar a resolver de forma simples e rápida. Aprenda a encontrar sua caixinha de som, descobrir se ela tem suporte para múltiplas conexões e até redefinir as configurações de rede do celular neste tutorial para Android.

Ativando o Bluetooth dos aparelhos

1. É fundamental que o Bluetooth do celular esteja ligado para a caixa de som conseguir parear. Caso contrário, seu smartphone não será identificado. É normal certos apps desligarem o Bluetooth do celular para economizar bateria, por exemplo. Para descobrir se a sua conectividade está ativada, acesse o menu de “Configurar” no menu de apps e encontre o item de “Bluetooth”;

2. Ative a conexão Bluetooth na chave do topo (mudando de cinza pra verde). Note que na barra de tarefas do topo do celular aparecerá o ícone de “B” do Bluetooth ligado;

3. A caixinha de som também precisa estar com o modo Bluetooth ativado para ser identificada pelo smartphone. Nos aparelhos que têm múltiplas funções é comum o usuário escolher no botão de “Mode” (ou semelhante). Normalmente a caixa tem um aviso sonoro (ou luminoso) avisando que o Bluetooth está pronto para parear;

Caso a conexão não funcione nos dispositivos, um truque é desativar e depois reativar o Bluetooth em ambos aparelhos para parear novamente. Vale tentar desligar a caixinha também nesse processo, e ligar novamente para conectar.

Bluetooth não pareia: caixa de som pode não permitir múltiplas conexões

1. É possível que as caixas de som mais simples não suportem múltiplas conexões Bluetooth (de vários celulares) na hora de transmitir as músicas ou áudios. Com isso, a caixa não aparece na busca do segundo smartphone ou simplesmente não pareia/conecta. Para resolver é preciso desconectar a caixa de som no primeiro aparelho. Para isso, acesse o menu de “Configurar” no celular e selecione “Bluetooth” em conexões de rede;

2. Toque no ícone de configurações ao lado da caixa de som pareada e confirme em “Esquecer”. Dessa forma você poderá parear com o segundo dispositivo normalmente.

Encontrando a caixa de som correta e conectando

1. Acesse o ícone de “Configurar” no menu de aplicativos do celular e depois selecione “Bluetooth” nas conexões de rede;

2. O primeiro passo para encontrar sua caixa Bluetooth é atualizar a listagem de dispositivos ao redor. Para isso, toque no menu do topo (indicado por três pontos) e selecione “Atualizar”;

3. Todos os aparelhos com Bluetooth ligado no raio de alcance aparecerão na lista. Vale lembrar que a maioria dos aparelhos tem alcance de cerca de 10 metros entre aparelhos. Toque no item da sua caixa de som (normalmente aparece com o nome do modelo/fabricante). Ele irá parear e logo em seguida mostrará o status de “Conectado”;

Redefinir configurações de rede

1. Caso nenhuma das dicas tenha adiantado, uma tentativa é redefinir as configurações de rede do celular e isso inclui as definições de Bluetooth. Assim todos os aparelhos serão esquecidos na conectividade. Para isso, acesse o botão de “Configurar” no celular e depois toque em “Fazer Backup e redefinir”;

2. Selecione “Redefinir configurações de rede” e confirme em “Redefinir Configurações”. Esse procedimento não vai formatar o seu celular mas vai apagar senhas guardadas de Wi-Fi, Bluetooth pareados e mais ações exclusivas de rede.

Quando o procedimento for executado, ative novamente o Bluetooth do celular e tente conectar com a caixinha de som, como já mostrado neste tutorial.

Aplicativo que atualiza celular 4g

Como está o processo do lula

O que boto no status

Saiba como fazer backup no Moto G4 Play

Fazer backup do Moto G4 Play é uma dica útil para salvar todos os dados do seu celular, garantindo que eles não serão perdidos posteriormente. Esse recurso é ótimo, por exemplo, para quem vai vender o smartphone da Motorola (Lenovo) e, por isso, precisa resetar o dispositivo.

Para te ajudar a realizar o procedimento corretamente, preparamos esse tutorial. Veja, no passo a passo abaixo, como fazer backup no Moto G4 Play.

1. Abra as configurações do seu celular e desça até o final. Selecione a opção “Fazer backup e redefinir”.

2. Certifique-se de que a opção “Backup dos dados” está ativada. Depois, toque em “Conta de backup” e, em seguida, selecione a conta para backup.

Aguarde alguns instantes para garantir que o backup terá sido feito corretamente para a conta que você definiu.

Louis Vuitton anuncia smartwatch com suporte para Android

Os tempos mudaram: a Louis Vuitton, mais conhecida por suas bolsas, tornou-se concorrente da gigante da tecnologia Apple nesta terça-feira, ao anunciar o lançamento de seu primeiro smartwatch. Desenvolvido para rodar no sistema operacional Android, da Google, o relógio high-tech vai concorrer com o iWatch no segmento conhecido como “wereable tech”, ou seja, aparatos tecnológicos que compõem o guarda-roupa.

Com o nome de Tambour Horizon, o relógio high-tech da Louis Vuitton tem como grande diferencial o estilo: ele pode ser customizado graças a 60 tipos de pulseiras diferentes, enquanto o painel digital pode ser estilizado diante de diversas opções disponíveis para download.

Os preços do Tambour Horizon variam: o relógio em si custa a partir de US$ 2.511, enquanto as pulseiras não saem por menos de US$ 303. Mesmo assim, o modelo passa a ser o relógio mais acessível da grife francesa. O produto ainda inclui os famosos guias de turismo da Louis Vuitton e o aplicativo “My Flight”, para voos de avião.

“Nós não sabemos aonde a indústria de objetos conectados está indo, mas sabemos que será algo gigante. Você pode ou sentar na calçada e assistir, ou você pode mergulhar fundo e ser um protagonista”, comentou ao site “Business of Fashion” o CEO da Vuitton, Michael Burke, sobre o lançamento.

Mesmo assim, alguns especialistas no mercado de luxo responderam de forma cética ao lançamento. Além da Louis Vuitton, grifes como Tag Heuer, Bulgari e Montblanc já haviam lançado seus smartwatches. Resta saber se tais marcas, associadas mais à durabilidade e ao apelo atemporal de seus produtos, vão conseguir fazer frente a um mercado movido por inovações e atualizações constantes.

Aprenda a editar fotos incluindo a mesma pessoa várias vezes no Photoshop

Chromebooks são computadores feitos para trabalhar o tempo todo conectado, mas também servem para imprimir documentos offline. Notebooks com Chrome OS, porém, trabalham com impressoras de forma diferente em comparação a PCs Windows ou Mac. Isso porque o sistema do Google prioriza equipamentos cadastrados no Google Cloud Print, serviço de impressão remota da empresa que permite usar impressoras Wi-Fi à distância, conectadas à nuvem. Aprenda, então, a fazer cópias físicas de arquivos no Chromebook.

1. Antes de qualquer coisa, é preciso configurar uma impressora ao Google Cloud Print usando um computador convencional Windows ou Mac – veja como;

2. Feito isso, certifique-se de que o seu Chromebook ganhou acesso à impressora. No Chrome OS, acesse as configurações;

3. Role a página até o rodapé e acesse as configurações avançadas;

4. Gerencie seu Google Cloud Print;

5. Verifique se a impressora configurada no Passo 1 está disponível para uso;

6. Caso negativo, lembre-se que é preciso usar a mesma conta do Google no Cloud Print e no Chromebook. Se tudo estiver funcionando bem, abra um documento qualquer para testar e imprima com o comando Ctrl+P;

7. Na tela de impressão, clique em “Alterar” no destino da impressão;

8. Selecione sua impressora do Google Cloud Print e imprima o documento normalmente.

Aprenda a transformar fotos em vetor no Illustrator e tirar fundo branco

é um programa para criação e edição de imagens em vetor. Para entender melhor, os vetores são utilizados para que as imagens não distorçam em proporções maiores, ou seja, é possível redimensionar o quanto quiser sem perder a qualidade, mantendo o padrão de linhas “infinitas” e não de pixels (bitmap).

Para simplificar o dia a dia, saiba que é possível vetorizar suas fotos e desenhos favoritos com poucos cliques pelo Illustrator. E melhor: o programa ainda permite deixar o projeto com fundo transparente, ideal para ícones, logotipos ou até seus personagens de animação. Não é preciso conhecimentos avançados para fazer.

1. Para começar, abra o Adobe Illustrator e clique no botão de “Arquivo”, no topo da tela. Depois selecione “Inserir”. Busque pela imagem que deseja vetorizar no seu computador e confirme em “Inserir”;

2. Quando a imagem abrir na tela clique na seta ao lado de “Traçado de imagem” e selecione “Foto de alta fidelidade”;

3. O processo para transformar a foto em vetor será iniciado. Ao final, note que a imagem ficará com um fundo em branco, o que pode atrapalhar nos seus projetos. Mas é fácil ajustar isso. Clique no botão “Expandir” no topo da imagem;

4. Todos os traços da imagem ficarão destacados em azul (ilustração 1). Dê dois cliques no fundo branco da foto até ele ficar totalmente em destaque (como na ilustração 2). Por fim, simplesmente aperte a tecla de “Delete” do teclado para apagar o fundo branco e deixar transparente;

5. Veja o resultado da imagem vetorizada no Illustrator com fundo transparente.

A foto da pou

Saiba como editar um local e adicionar informações no Waze

Waze conta com uma configuração que permite ao usuário realizar edições em locais marcados no mapa. A opção, que está presente no aplicativo para iPhone(iOS) e para smartphones com Android, é ideal para adicionar informações relevantes como números de telefone, fotos, corrigir endereços e informar serviços prestados por um estabelecimento.

Dessa maneira, é possível colaborar com as descrições e tornar o serviço ainda mais completo para outros usuários. Para saber como adicionar dados importantes em locais marcados no mapa do Waze, siga o passo a passo passo do tutorial abaixo.

1. Abra o Waze e inicie uma pesquisa com o local que deseja incluir informações. Toque no resultado sugerido pelo aplicativo que corresponde ao ponto que procura.

2. Toque no ícone de três pontos acima da descrição do local e, na janela seguinte, acesse a opção “Editar”.

3. É possível incluir uma foto do local. Para isso, basta tocar no ícone de câmera e fazer uma fotografia.

4. Você pode incluir informações como o número da casa e tocar no marcador vermelho para movê-lo para o local exato do mapa onde se encontra o estabelecimento.

5. Em “Categorias”, é possível adicionar o tipo de local. Em seguida, há um espaço para descrever o tipo de serviço prestado pelo estabelecimento. Em “Informar mais detalhes”, é possível fornecer uma descrição do ambiente, número de telefone e website. Para finalizar as edições, toque em “Pronto”.

Use a dica para aprimorar a descrição de um local e ajude outro usuário a encontrar facilmente um destino de rota no Waze.

Saiba como resolver o erro CE-30774-1 do PS4

O código de erro CE-30774-1 ocorre em alguns casos no PS4, quando o usuário tenta atualizar o console via pendrive. O bug é bem comum, mas tem pouca relação com o hardware, software já instalado no aparelho ou até mesmo rede. Ele ocorre quando há um problema com o arquivo de atualização baixado da Internet e utilizado via pendrive, como um “update offline”. Confira como resolver o erro CE-30774-1 no PlayStation 4, na maioria dos casos:

Como ocorre?

O erro CE-30774-1 ocorre quando o arquivo de atualização baixado da Internet, o “PS4UPDATE.PUP”, oferece algum tipo de problema, mais principalmente envolvendo o próprio nome com o que é transferido para o computador do usuário.

Acontece que, por uma explicação breve feita na página oficial do PlayStation, alguns usuários podem entender que o arquivo tem de apresentar este exato nome – “PS4UPDATE.PUP”. Dependendo do sistema operacional usado no computador, ele pode ou não disponibilizar a extensão “.PUP” como visível.

Como resolver? Em qualquer sistema operacional

1. Insira o pendrive no computador;

2. Abra a pasta correspondente do pendrive e o diretório onde está salvo o arquivo de atualização;

3. Verifique se o nome está correto e, se estiver errado, renomeie-o. Clique com o botão direito do mouse no arquivo e selecione “Propriedades” (no Windows) ou “Obter informações” (no Mac) para verificar.

O arquivo tem que apresentar o nome “PS4UPDATE.PUP” ao verificar as informações. Se estiver, por exemplo, “PS4UPDATE.PUP.PUP”, o erro vai continuar ocorrendo.

Soluções adicionais

Se não resolver, tente verificar se o arquivo está salvo na pasta correta dentro do pendrive. A ordem correta é sempre: “/PS4/UPDATE/PS4UPDATE.PUP”, onde a pasta “PS4” deve ser criada na raíz do disco externo. Além disso, é necessário que o pendrive esteja formatado em FAT32 pelo sistema.

Google: O Chrome não restaurou as abas? Confira como recuperá-las

Google Chrome tem um gerenciamento de sessões nativo, mas que não está a prova de falhas. Seja por problemas no próprio navegador ou por erros do sistema operacional, é possível que o usuário perca suas abas ao reiniciar o browser. Contudo, não há motivo para pânico: algumas ferramentas embutidas e também extensões podem ajudar a recuperar os sites abertos. Veja neste tutorial algumas soluções.

Restaurar a partir do histórico

Se a janela de restaurar abas do Chrome não apareceu ao reiniciar o navegador, o usuário pode recuperar seus sites seguindo o passo a passo a seguir:

Passo 1. Clique no menu de três pontos, localizado ao lado da barra de endereços;

Passo 2. Aponte o mouse sobre a opção ”Histórico”;

Passo 3. Procure pela opção “x guias”, sendo ”X” o número de sites abertos no momento do erro. Clique nessa alternativa para recuperar;

Dica: é possível restaurar as suas abas mais rapidamente por meio do comando “Ctrl+Shift+T”. Ao pressionar as três teclas juntas, o Chrome abrirá os sites acessados antes do erro.

Outra opção é tentar recuperar os sites individualmente usando o histórico completo do navegador. Para acessá-lo, pressione “Ctrl+H” ou acesse “Menu > Histórico > Histórico”.

Pronto! Agora você já sabe como recuperar as abas do Google Chrome sem instalar nada no navegador.

Com o plugin Session Buddy

A extensão Session Buddy está disponível gratuitamente na Chrome Web Store. O complemento grava as sessões do usuário no computador, exibindo ainda os sites que foram abertos em cada uma delas. De forma geral, trata-se de um recurso mais preventivo, com funcionamento mais confiável do que o gerenciador nativo do navegador. Veja como usar.

1. Na página de download da Session Buddy, clique em “+Usar no Chrome”;

2. Uma janela de confirmação aparecerá. Clique em “Adicionar extensão”. Note que o ícone do complemento aparecerá ao lado da barra de endereços no fim da instalação;

3. Quando tiver um problema ou quiser reabrir uma sessão, clique no ícone da Session Buddy;

4. Uma janela será aberta e o usuário poderá acompanhar todas as sessões salvas pelo complemento no lado esquerdo da tela. Clique na que deseja recuperar;

5. Para reabrir as páginas, clique em “Open” e escolha se deseja abrir em uma nova janela (One window) ou na mesma janela (This window);

Dica: é possível salvar uma sessão para acessá-la quando quiser e impedir que o complemento apague o registro. Para isso, clique em “Save” e dê um nome para o grupo na janela que se abrirá;

Pronto! Agora você já sabe usar a extensão Session Buddy para recuperar seus sites no Google Chrome.

Como salvar páginas no uc browser

Saiba como esconder mensagens e fotos no Instagram, WhatsApp e Facebook

As redes sociais são, por si só, uma forma de exposição. Entretanto, elas oferecem opções de privacidade avançadas, a fim de atender os usuários mais reservados. Para garantir a proteção da sua privacidade, esses aplicativos dão permissão para que as mensagens e fotos sejam escondidas em seu celular, ou seja, mensagens que você recebeu ou fotos que publicou em seu perfil, podem ser escondidas. Essa é uma forma de evitar que pessoas indesejadas acessem suas informações pessoais, sem a necessidade de eliminar o registro.

A respeito do Facebook, existe uma opção de retirar uma foto da linha do tempo, mesmo que a foto tenha sido postada em um momento anterior. Já no Instagram, é possível manter as imagens em uma janela avulsa, fazendo-as desaparecer de seu perfil, usando a opção de arquivamento.

Já no caso de mensagens, não podíamos deixar de fora o aplicativo mensageiro mais usado ao redor do mundo: o Whatsapp. O aplicativo oferece uma opção de arquivamento de mensagens, ou seja, quando você aciona o botão para arquivar, a conversa – a janela – some da aba de janelas e fica guardada numa aba especial, cujo acesso só pode ser feito caso você acesse essa janela, saindo da lista principal de conversa.

Messenger, aplicativo de recados do Facebook, também possui a opção de arquivamento, podendo ser possível retirar determinadas mensagens desejadas da listagem central de recados.

Preparamos um passo a passo para Android:

Instagram: abra o aplicativo, vá em “perfil”. Em seguida, seleciona a foto que você quer esconder, quando ela abrir, clique nos três pontos. Depois clique em “arquivar”. Assim, a foto sumirá do seu mural, deixando de ser pública. Para acessá-la novamente, clique no botão “arquivo morto”, com imagem de relógio. Para reverter, faça o mesmo processo e selecione “mostrar no perfil”. O processo também funciona com vídeos.

Facebook: selecione a imagem de seu perfil que quer esconder e clique em “editar privacidade”. Deixe selecionado quem pode vê-la. No caso de post no feed, clique nas opções e procure por “ocultar da linha do tempo”.

Messenger e Whatsapp: pressione a janela da conversa. Ao abrirem as opções, clique em “arquivar”. Para acessar essa conversa, busque pela aba “conversas arquivadas”.

2 whatsapp no mesmo aparelho

Conversar de forma oculta

Imagem para perfil de whatsapp