PlayStation3 desbloqueado: É o que diz hacker americano

Um hacker americano, famoso por quebrar o código do aparelho de telefone celular iPhone, da Apple, ainda adolescente, disse à BBC que teria hackeado o PlayStation 3 da Sony.

George Hotz disse que ainda trabalha para aprimorar a técnica mas que irá divulgar os resultados em breve na internet.

Seu ataque permite usar jogos piratas ou softwares caseiros no PS3, considerado o único jogo de consoles que ainda não havia sido hackeado com sucesso, apesar de estar no mercado há três anos.

“Ele é supostamente impossível de se hackear, mas nada é impossível de se hackear”, disse Hotz.

  • Curiosidade

O americano afirma que levou cinco semanas para quebrar o código do PS3. Ele diz ter começado a estudar o sistema durante três semanas em meados do ano passado. Outras duas semanas no final do ano foram usadas para completar o ataque.

Hotz diz que hackeou o PS3 usando 5% de hardware e 95% de software.

“Você pode usar o hardware para injetar alguma insegurança no sistema e depois explorá-la”, afirma.

Ele diz ter sido motivado por curiosidade já que “honestamente, nunca joguei PS3”.

Um porta-voz da Sony disse que a empresa investiga a alegação e que ela irá se pronunciar uma vez que tiver mais informações.

Hotz tornou-se famoso em 2007, quando estava com 17 anos, ao abrir o código do iPhone, permitindo que o telefone pudesse ser usado por qualquer operadora e não apenas pela americana AT&T nos EUA.

Ele tem publicado desde então detalhes de outros hacks.

Sony anunciou novo PS3 com 160GB e 320GB

A Sony anunciou hoje que lançará nos EUA ainda este ano um novo modelo de seu console de videogames Playstation 3 com maior capacidade de armazenamento, permitindo que consumidores baixem mais jogos e vídeos.

O console contará com cerca de 33 por cento de espaço a mais no disco rígido que versões anteriores do aparelho, mas pelo menos um analista afirmou que o aumento da memória provavelmente não será uma grande atração para consumidores.

“No geral, não quer dizer nada. Todo ano, o preço do espaço de armazenamento cai, então o espaço médio de disco rígido de qualquer aparelho tende a aumentar”, disse o analista Daniel Ernst, da Hudson Square Research.

A Sony afirmou que os novos modelos do PlayStation 3 incluirão um com 320 GB de memória, que será vendido em conjunto com o pacote de games com sensores de movimento PS3 Sports Champions Move, a um preço sugerido de 399,99 dólares.

Já o modelo de 160 GB chega às prateleiras com o mesmo preço de varejo que o atual modelo do PS3, de 299,99 dólares.

A partir de outubro, a empresa também começará as vendas do modelo de 160 GB junto com o pacote Move na Europa, segundo anunciou a Sony em entrevista coletiva na Alemanha, na véspera da feira de videogames Gamescom.

Essa versão do pacote custará 299 euros (384,6 dólares), enquanto que a versão de 320 GB será lançada em 15 de setembro no continente europeu – mesma data que o lançamento do Move – por 349 euros.

GTA V é o jogo mais caro na história dos vídeo games

Um dos eventos mais esperados do ano pelos fãs de games aconteceu na meia-noite desta terça-feira com o lançamento de GTA V pela Rockstar Games. Com custo de produção de US$ 266 milhões, o título da série Grand Theft Auto é o videogame mais caro já produzido.

GTA V sai em versões para Xbox 360 e PlayStation 3. Seu lançamento no Brasil será nesta quinta-feira, 19. A edição local terá legendas em português e preço sugerido de R$ 199.

gta-download

O roteiro do jogo tem mais de mil páginas. Jogadores vivem três personagens na ação, podendo alternar de um para outro. As possibilidades e complexidade das missões são muito maiores. Vozes de dubladores e técnicas de captura de movimento, as mesmas usadas em animações para cinema, dão realismo aos personagens.

A trilha do jogo consiste de 240 faixas licenciadas, que podem ser ouvida através de 17 estações de rádio. Uma delas é apresentada pela modelo Cara Delevingne.  Entre os artistas que aparecem estão Elton John, Tyler the Creator, Stevie Wonder e Pet Shop Boys. É a trilha mais cara de todos os GTA.

A cidade fictícia de Los Santos (baseada em Los Angeles) e seus arredores, que servem de cenário ao jogo, são apresentadas em riqueza de detalhes. A região inclui outras quatro cidades e cenário submerso. Até passantes na rua tem rostos com expressão e podem oferece reações. Há mais de mil opções de customização para os carros do jogo, entre pintura, rodas e acessórios.

gta-baixar

Assim como já aconteceu em edições passadas, o novo GTA também deve ser motivo de polêmica. O jogo já foi acusado de conter tortura, nudez, uso de maconha e cocaína e “um breve momento de necrofilia”, de acordo com autoridades de classificação etária para jogos na Europa e EUA.

A série GTA já vendeu 117 milhões de unidades até agora. Analistas preveem que a nova versão deve render mais que o US$ 1 bilhão de faturamento do GTA IV, de 2008, alcançando vendas de 20 milhões de jogos.

Mais um desbloqueio! Surge código aberto que destrava PS3

Uma solução de desbloqueio de código aberto para o PlayStation 3 já pode ser encontrada na internet.

O método, chamado de PSGroove, explica como inserir o código em um dispositivo USB e executar aplicativos desenvolvidos por terceiros em seu console. Os desenvolvedores do código alegam que a função para rodar jogos pelo HD está desativada.

A solução de desbloqueio australiana, a PSJailbrake, aguarda uma decisão da justiça sobre sua comercialização. Se vetada, a venda do dispositivo USB que permite a execução de jogos a partir do HD seria proibida na Austrália.

Entretanto, para a infelicidade da Sony, é uma questão de tempo para que seja divulgado um novo código aberto, baseado no PSGroove, que permita a execução de jogos por mídias alternativas e por dispositivos externos de armazenamento.

O brasileiro (pelo menos a maioria ) agradece, é complicado para muitos pagar uma pequena fortuna de mais de R4 200,00 em um lançamento. No Brasil, o PlayStation 3 é negociado oficialmente pela Sony a R$ 1.999,00.

Game para PS3 Mortal Kombat vaza, brasileiro é o responsável

20110411-162710.jpgUm jovem brasileiro publicou na internet vídeos e imagens da suposta versão final do game de luta “Mortal Kombat”, cujo lançamento mundial está previsto para o dia 19 de abril (28 de abril no Brasil). O usuário publicou no domingo (10) vídeos no YouTube que mostram personagens e golpes do título da versão de PlayStation 3 que ainda não haviam sido divulgados pela produtora NetherRealm.

Os vídeos e a conta no site de vídeos do jovem foram removidos.
O vídeo publicado na internet mostra os personagens Smoke e Sheeva, que até então não haviam aparecido em vídeos oficiais da produtora. Em foto publicada em fóruns especializado em games, o jovem aparece segurando o disco do game para o PS3. A imagem mostra o que parece ser a versão do game que será vendida no Brasil, pois mostra a classificação indicativa (não indicado para menores de 18 anos) usada no país e algumas descrições em português.

Por meio de sua conta no Twitter, o produtor do game, Hector Sanchez, se disse decepcionado com o vazamento. “Ladrões não merecem o seu respeito. Eles vão arruinar a experiência para todos os verdadeiros fãs brasileiros”. O americano publica mensagens em português. Ele ainda disse no microblog: “Todo este trabalho que temos feito no que diz respeito ao mercado brasileiro já está arruinado. Estou decepcionado”.
A Warner Bros., que distribui o jogo no Brasil, ainda não comentou o fato. Disse apenas que está preparando para soltar um comunicado oficial na tarde desta segunda-feira (11).

 

Durou pouco! Novo Update da Sony bloqueia jailbreak de PS3

O PSGroove permitia que jogos não oficiais rodassem no aparelho. O código caiu na rede logo depois que a Sony ganhou na justiça a disputa contra a empresa australiana OzModeChip, que vendia um USB capaz de fazer o jailbreak ( o dispositivo chamava-se PSJailbreak).

Como normalmente acontece com os updates do PS3, o novo firmware (v3.42) não é obrigatório: o usuário deve aceitar sua instalação. No entanto, a recusa implica em limitações das funções do console.

Publicamente, a Sony não se referiu ao novo update como um combate direto ao PSGroove. Em seu site, ele é descrito como algo “pequeno”, apenas um “adicional de segurança”. Não fica claro, no entanto, se a segurança é para os usuários se protegerem contra códigos maliciosos ou para a empresa se proteger contra a pirataria.

Info Tech

Empresa anuncia o desbloqueio do PS3

Empresa afirma ter criado com sucesso um dispositivo para desbloquear o PlayStation 3, da Sony, permitindo o backup de jogos e execução de discos piratas.

O PSJailbrake, da empresa australiana OzModeChip, consiste em um dispositovo USB rodando um software que permitiria armazenar dados completos de jogos no HD do console e memórias externas. O dispositivo custa 170 dólares australianos.

Para que o processo funcione, um disco original em Blu-ray deve ser inserido no videogame, como uma forma de “enganar” o sistema e rodar jogos armazenados nos dispositivos externos.

Veja abaixo o vídeo da empresa que supostamente comprova o desbloqueio (em inglês).

Info

Sony anunciou novo PS3 com 160GB e 320GB

A Sony anunciou hoje que lançará nos EUA ainda este ano um novo modelo de seu console de videogames Playstation 3 com maior capacidade de armazenamento, permitindo que consumidores baixem mais jogos e vídeos.

O console contará com cerca de 33 por cento de espaço a mais no disco rígido que versões anteriores do aparelho, mas pelo menos um analista afirmou que o aumento da memória provavelmente não será uma grande atração para consumidores.

“No geral, não quer dizer nada. Todo ano, o preço do espaço de armazenamento cai, então o espaço médio de disco rígido de qualquer aparelho tende a aumentar”, disse o analista Daniel Ernst, da Hudson Square Research.

A Sony afirmou que os novos modelos do PlayStation 3 incluirão um com 320 GB de memória, que será vendido em conjunto com o pacote de games com sensores de movimento PS3 Sports Champions Move, a um preço sugerido de 399,99 dólares.

Já o modelo de 160 GB chega às prateleiras com o mesmo preço de varejo que o atual modelo do PS3, de 299,99 dólares.

A partir de outubro, a empresa também começará as vendas do modelo de 160 GB junto com o pacote Move na Europa, segundo anunciou a Sony em entrevista coletiva na Alemanha, na véspera da feira de videogames Gamescom.

Essa versão do pacote custará 299 euros (384,6 dólares), enquanto que a versão de 320 GB será lançada em 15 de setembro no continente europeu – mesma data que o lançamento do Move – por 349 euros.

Software usado para hackear PS3 é liberado na web

Uma semana depois de avisar que conseguiu desbloquear o Playstation 3, o americano George Hotz colocou na web o programa usado para a quebra de segurança do console.

Conhecido por desbloquear o iPhone aos 17 anos, Hotz avisou em seu blog que a decisão de liberar a versão online do software surgiu porque ele gostaria de saber o que outras pessoas podem fazer com o desbloqueio do PS3. O hacker deixou clara ainda a vontade de trocar de profissão.

Em post, Hotz conclamou: “espero que isso incendeie a cena do PS3 no mundo. Os usuários irão descobrir como utilizá-lo para produzir coisas práticas, assim como aconteceu com o iPhone”.

Enquanto o jovem americano celebra o feito, a unidade de jogos da Sony baseada em Tóquio examina o código responsável pelo desbloqueio. A empresa só fará comentários sobre a ação de Hotz após as investigações.

PlayStation3 desbloqueado: É o que diz hacker americano

Um hacker americano, famoso por quebrar o código do aparelho de telefone celular iPhone, da Apple, ainda adolescente, disse à BBC que teria hackeado o PlayStation 3 da Sony.

George Hotz disse que ainda trabalha para aprimorar a técnica mas que irá divulgar os resultados em breve na internet.

Seu ataque permite usar jogos piratas ou softwares caseiros no PS3, considerado o único jogo de consoles que ainda não havia sido hackeado com sucesso, apesar de estar no mercado há três anos.

“Ele é supostamente impossível de se hackear, mas nada é impossível de se hackear”, disse Hotz.

  • Curiosidade

O americano afirma que levou cinco semanas para quebrar o código do PS3. Ele diz ter começado a estudar o sistema durante três semanas em meados do ano passado. Outras duas semanas no final do ano foram usadas para completar o ataque.

Hotz diz que hackeou o PS3 usando 5% de hardware e 95% de software.

“Você pode usar o hardware para injetar alguma insegurança no sistema e depois explorá-la”, afirma.

Ele diz ter sido motivado por curiosidade já que “honestamente, nunca joguei PS3”.

Um porta-voz da Sony disse que a empresa investiga a alegação e que ela irá se pronunciar uma vez que tiver mais informações.

Hotz tornou-se famoso em 2007, quando estava com 17 anos, ao abrir o código do iPhone, permitindo que o telefone pudesse ser usado por qualquer operadora e não apenas pela americana AT&T nos EUA.

Ele tem publicado desde então detalhes de outros hacks.